quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Retrospectiva-15

Ano de 2005

Este foi um ano relativamente fraco em actuações dado que os problemas que o maestro enfrentou no ano anterior acabaram por lhe afectar a saúde e tiveram como consequência uma preparação desgarrada que inviabilizou o assumir de compromissos.

25 de Junho - No Ginásio principal da Escola - Pequena festa evocativa da Manuela Sequeira organizada pelo Grupo Coral e pelo Grupo de Professores de Português, a que a Manuela pertencera.
Aqueles professores fizeram a biografia da Manuela enquanto diziam Poesia.
O Coral interpretou uma versão reduzida da peça que vinha preparando - Gloria de Antonio Vivaldi.

Neste mês houve mais uma escapadela cultural - Ida a Lisboa, ao Teatro Aberto, para assistir à Ópera de 3 Vinténs de Bertoldt Brecht/Kurt Weill.

23 de Julho - Inauguração da Feira de Santiago, nas Manteigadas

Música portuguesa conhecida, algumas de Revistas e de Filmes, com originais, e muito interessantes, orquestrações de José Ricardo, músico amigo do João Paulo Reya:

Coimbra é uma Canção de Amor - de Raul Ferrão
Fado do Estudante - do filme "A Canção de Lisboa"
Todos me querem - Chula tradicional
Lisboa Antiga - de José Galhardo, Amadeu do Vale e Raul Portela
Aldeia da roupa branca - do filme com o mesmo nome
A Rosinha dos limões - de Artur Ribeiro
A Moda do Chapéu ao Lado - de Mário de Sampayo Ribeiro
Zumba na caneca - Tradicional
Cheira a Lisboa - de Carlos Dias e César de Oliveira
Setúbal, "Cidade do Rio Azul" - de Mário Regalado e Laureano Rocha

Foram solistas a Guida Cachão e o Luís Gomes.
A apresentação foi um êxito a merecer público mais numeroso.

Eis um dos momentos da actuação com o João Paulo a transmitir-nos o seu entusiasmo


A foto seguinte é do final da Apresentação ( de negro, o Luís Gomes tendo à sua esquerda a Guida Cachão )


2 de Agosto

A dor atingiu, de novo, o Grupo. Às 6 horas da madrugada, no Hospital de S. Bernardo, após sofrimento prolongado, faleceu o Companheiro Luís Silveira, tenor, homem de rara sensibilidade, madeirense radicado em Setúbal onde exercia as funções de Chefe da Secretaria da Escola Secundária "Lima de Freitas".

12 de Novembro - Salão Nobre da Câmara Municipal de Setúbal
Orfeu e Eurídide de Gluck

Versão já apresentada em Janeiro de 2004 mas que a Câmara achou por bem repor.
Solistas:
Samuel Vieira , tenor, no papel de Orfeu
Susana Gaspar, soprano, como Euridice
Ana Cosme, soprano, no papel de Amore
Piano : Michel Gal

Após dois adiamentos e alguma confusão organizativa, apresentámos, com bastante êxito, esta reposição do Orfeu e Euridice.

17 de Dezembro - Igreja de S. Julião - Concerto de Natal

1.ª Parte :
Quatro peças para órgão solo - Carlos Seixas, J. Pachelbel e D. Buxtehude
Concerto em fá maior para Órgão e Orquestra de G. F. Händel

Órgão - Miguel Matos
Orquestra - uma formação de músicos amigos do J. Paulo Reya a que este deu a designação de Orquestra Bocage

2.ª Parte
GLORIA - A. Vivaldi

Solistas:
Sara Raquel Pinto, soprano
Margarida Cachão, mezzo
Helena Gaspar, contralto
Coro : Grupo Coral da Esc. Sec. de Bocage
Orquestra : a citada Orquestra Bocage.

O Concerto foi um êxito!

Capa do programa distribuído pelo público

Voltaremos! Até ao nosso regresso!...

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Ecos do último Concerto

No dia 23 de Outubro teve lugar, na Igreja de S. Sebastião, o anunciado Concerto integrado no Mês da Música, iniciativa da Câmara Municipal de Setúbal.
Este foi mais um Concerto conjunto do nosso Grupo Coral, do Coro de Câmara de Setúbal e da Banda da Sociedade Filarmónica Capricho Setubalense.
O prato forte do Concerto era a Missa Katharina, do compositor holandês Jacob De Haan, para Coro, Soprano e Banda (ou Órgão).
Na 1.ª Parte o Coro interpretou 3 Espirituais Negros e a Banda 3 peças do seu repertório.
A 2.ª parte, inteiramente preenchida com a Missa Katharina, teve a brilhante actuação do soprano Ana Leonor Pereira, cantora, professora e investigadora dos problemas da voz.
O público, que enchia por completo a Igreja, reagiu de forma muito positiva, e quase nos fez prometer que repetiríamos o Concerto.
Para ficarmos com uma pequena idéia da nossa actuação aqui fica um vídeo realizado pelo nosso coralista Fernando Fidalgo(mais precisamente pelo seu filho, que muitas vezes nos acompanha) com a 1.ª intervenção do Coro e da Solista na Missa - o Kyrie.
video
Esperamos que tenham gostado.

domingo, 1 de novembro de 2009

Retrospectiva-14

Ano de 2004

O ano começou com muito trabalho. Se o ano de 1998 ficou marcado
pela Ode para o Dia de Sta. Cecília, de Händel, o de 2004 irá
ficar assinalado por outra peça de responsabilidade - Orfeu e Eurí-
dice, de Gluck.
Largos meses de preparação e desespero (nosso e do maestro ) cul-
minaram com ensaios nos dias 5, 6 e 7 de Janeiro.

Dia 5 - Ensaio no Salão Nobre da Câmara Municipal de Setúbal com
o pianista Michel Gal.
Dia 6
- Ensaio na Escola no espaço habitual.
Dia 7 - Ensaio no Ginásio principal da Escola. Pretendia-se que este
fosse o ensaio geral, para afinar muitos pormenores, mas, por atra-
sos vários da responsabilidade da C.M. S. ( falta da cobertura de pro-
tecção do piso do Ginásio, e consequente impossibilidade de instalar
a plataforma onde se apoiaria o projector das imagens que acompa-
nhariam a execução musical da ópera,...), não o foi tanto quanto se
impunha. Este foi o primeiro contacto do Coro com os solistas.

8 de Janeiro, dia do Concerto, foi de muito trabalho com a prepara-
ção do Ginásio para o espectáculo da noite.
Foi com muito cansaço e alguma apreensão que o Grupo Coral en-
frentou o público que enchia o Ginásio.

8 de Janeiro - Ginásio Principal da Escola Sec. de Bocage
Concerto integrado nas Comemorações dos 250 anos do nas-
mento da cantora lírica setubalense Luísa Todi.


O Coral apresentou uma versão de Concerto da ópera de Gluck
Orfeu e Eurídice, numa concepção do maestro João Paulo Reya
que incluía projecção de diapositivos onde uma tradução do libreto,
acompanhada de belas imagens, permitiam ao público um melhor
entendimento da trama da história que lhe era proposta.

Foram solistas :
Pedro Bruto da Costa
, barítono. no papel de Orfeu;
Teresa Inácio, soprano, foi Eurídice ;
Raquel Alão, soprano, interpretou o papel de Amore.
Pianista : Michel Gal
Apesar das nossas apreensões o Concerto foi um êxito.

Eis uma reprodução do cartaz que anunciava o Concerto


9 de Janeiro - Forum Municipal Luísa Todi
Pequena participação no
Concerto de encerramento das Comemorações do ano
Luísa Todi.
que contou com a presença da esposa do Senhor Presidente da Re-
pública, do Ministro da Cultura e do Bispo de Setúbal.
Participaram neste evento todos os que, ao longo do ano 2003 e
começo de 2004, participaram naquelas comemorações.

Nesta festa de encerramento o nosso Grupo cantou o Espiritual
There is a Balm in Gilead.

17 de Janeiro - Igreja paroquial de Melides -
Concerto de Ano Novo
Programa :
1.ª Parte - Francisco Fanhais com várias canções do seu reper-
tório.
2.ª Parte - O Grupo Coral da Esc. Sec. de Bocage com a
Cantata "Venha Celebrar a Criança Luz"
Foi solista a Margarida Cachão e Narrador o Eng. Francisco Calado
(esposo do contralto Celeste Calado).

Esta foi uma deslocação interessante promovida por um dos nossos
contraltos , a Milú, com a colaboração da Junta de Freguesia local
que nos obsequiou com um óptimo jantar.

21 de Maio - Sede da Sociedade Filarmónica Perpétua Azei-
tonense -
Participação na
Comemoração do 122.º Aniversário desta Sociedade.
Actuaram:
Grupo Coral Infantil da S.F.P.A.
Grupo Coral da S.F.P.A.

Grupo Coral da Esc. Sec. de Bocage

O nosso Grupo levou alguns Espirituais já bastante rodados tendo o
Rui Machado como solista.

9 de Junho - O Grupo Coral ficou órfão. Morreu a Manela. Pela 1
hora da madrugada, sem que os amigos o pressentissem,... partiu.
A estupefacção foi quase total pois muitos de nós ignorávamos o
seu verdadeiro estado de saúde.


A Manuela foi uma das fundadoras do Grupo Coral e Vice-Presidente
da sua Direcção até ao seu passamento. Entusiasta, dinâmica, estava
em todas as actividades para aquisição de fundos e organizava, com
a Rosa Capela, os nossos convívios e saídas culturais.

As dras. Manuela Sequeira e Rosa Capela no passeio a Castelo de Bode.


A Manuela num dos nossos convívios de Natal procedendo à distribuição
dos presentes.


O Coral teve uma ligeiríssima intervenção na festa de encerramento
do Ano Lectivo, levada a cabo pouco depois, nela evocando a Dra.
Manuela Sequeira. Mas esta não era a homenagem que se impunha.
O encerramento das actividades obrigou a adiar essa homenagem.

Problemas pessoais do maestro, relacionados com a saúde de sua
mãe, que viria a falecer no final do ano, não permitiram a prepara-
ção adequada para o habitual Concerto de Natal. Este ficou, pois,
por realizar.
Voltaremos a encontrar-nos. Até lá!